Participei hoje de um painel na Campus Party 2014 sobre o uso de métodos ágeis em projetos de software livre. Além disso, também se discutiu o emprego de métodos ágeis em startups e o uso de métodos ágeis em grandes empresas. Participaram do painel José Honorato Ferreira Nunes (mediador), Alan Braz e Dairton Bassi.

O vídeo do painel deve ficar disponível em breve no site da Campus Party. Ao invés de reapresentar o meu ponto de vista, colocarei alguns artigos sobre esses temas para quem quiser se aprofundar um pouco mais sobre esses assuntos.

Desenvolvimento ágil em projetos de software livre

Existem também vários trabalhos sobre aplicação de métodos ágeis em ambientes distribuídos, o que tem relação com desenvolvimento open source. Um texto interessante sobre isso é a tese de doutorado de 2008 de Katiuscia Mannaro (orientado de Michele Marchesi, que tem alguns livros da série XP).

Desenvolvimento ágil em startups

Assunto com poucas referências. É uma área de pesquisa nova!

Desenvolvimento ágil em grandes empresas

Não vou citar todos os relatos de experiência – são vários. É um tema que se discute desde que os métodos ágeis apareceram – tem até uma breve discussão sobre isso na 2ª edição do livro “Extreme Programming Explained” do Kent Beck e Cintia Andres.

Métodos ágeis

E quem quiser aprender mais sobre métodos ágeis, as referências básicas são as seguintes:

Por fim, um artigo muito bom sobre o panorama do desenvolvimento ágil no Brasil:

Bons estudos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*